Branding 3.0 - Tátil Design de Ideias » Futuro viável

Ago 18

Futuro viável

Por Tátil

Hoje, dia 18 de agosto, acontece o terceiro encontro do projeto Branding 3.0, o primeiro em São Paulo . Estamos muito empolgados com a presença de um time da pesada que, à luz de experiências individuais em inúmeras áreas do conhecimento, trocarão suas visões sobre o “papel das marcas” no futuro, em um cenário a onde sustentabilidade deixa de ser uma escolha de marketing para se transformar em premissa de negócio.

Juntamente com os participantes dos dois encontros anteriores, estamos criando um espaço colaborativo na rede para manter o assunto vibrando.

Participarão do encontro João Ciaco, diretor de publicidade e marketing de relacionamento da Fiat; Jorge Forbes, psicanalista e médico psiquiatra; Fernando Martins, vice-presidente de marketing do Banco Real ABN Amro; Filomena Padrón, consultora de branding e linguagem de marca e diretora da INoBI; Renata Puchala, gerente de grupo de produtos Ekos Natura; Ligia Martins, coordenadora do núcleo de sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas-PR; Leiko Motomura, arquiteta, dona da Total Ecodesign, escritório especializado em procedimentos de ecologia aplicados à arquitetura; Marili Ribeiro, repórter do Estado de São Paulo; Mario Castelar, consultor em comunicação e marketing; Paloma Gonzales, diretora Comercial e Marketing da Cemusa – Corporación Europea de Mobiliário Urbano SA; Maria Paula Fonseca, gerente de produtos – Perfumaria Natura; Mário Fioretti, diretor de design da Whirlpool; Ana Carolina Aguiar, gerente de marca da Natura; Ana Luiza Alves, gerente de marca da Natura.

  1. Diego Gazola disse:

    Programação realmente nada leve! Parabéns pelo projeto Branding 3.0.

  2. Tânia Savaget disse:

    Fiquei curiosa para ouvir mais sobre o que o Jorge Forbes, na prática psicanalista; o Castelar, no mundo do marketing e do samba – que ele conhece muito e adora; o Mário Fioretti, à frente da inovação de marcas que são assiiim…tão…queridas; a galera da Natura, que cuida de uma das marcas mais assumidamente brasileiras, falariam sobre a marca BRASIL. Em que outro lugar as pessoas se apaixonam por geladeiras, as mulheres podem ser segmentadas entre as que comem leite condensado com mais ou menos culpa, a floresta ensina a gente a usar castanha, cacau e maracujá no banho? Como seria o Branding 3.0 do Brasil?

  3. Johane Gonçalves disse:

    É interessante acompanhar essa movimentação das pessoas sobre a sustentabilidade ecológica, mesmo eu sendo de uma viés mais crítica sobre isso, eu acredito na seriedade de muitas empresas, que de fato procuram soluções práticas e inovadoras. Parabéns pela iniciativa, adoraria ter participado deste debate e ampliarmos ainda mais essa discussão.

  1. Ainda não existem trackbacks para este post.

Deixe um comentário

Campos marcados com * são obrigatórios.